25 de fevereiro de 2024

Best Negócios

Seu blog sobre economia com noticias diárias

Itaúsa (ITSA4) tem lucro recorrente de R$ 3,018 bi no 2º tri de 2022, alta de 5,5%; empresa anuncia JCP

2 min read

Em termos não-recorrentes, o lucro foi de R$ 3,076 bilhões, um recuo de 12,5% na base anual

A holding Itaúsa (ITSA4) anunciou nesta segunda-feira (15) ter registrado um lucro líquido recorrente de R$ 3,018 bilhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), alta de 5,5% na comparação com igual período do ano passado (2T21).

Em termos não-recorrentes, o lucro foi de R$ 3,076 bilhões, um recuo de 12,5% na base anual.

O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) recorrente médio foi de 18% no 2T22, uma queda de 1,1 ponto percentual (p.p.) na comparação anual.

O resultado recorrente das empresas investidas somaram R$ 3,302 bilhões no segundo trimestre de 2022, um crescimento de 12% frente ao mesmo trimestre de 2021.

As despesas administrativas totalizaram R$ 47 milhões no 2T22, um aumento de 40% em relação ao 2T21.

O total de ativos subiu para R$ 75,802 bilhões, uma alta de 9,2% na base anual. Já o endividamento líquido caiu 10,1% no trimestre, atingindo R$ 3,478 bilhões.

Entre os investimentos da holding, a Itaúsa destaca que o lucro do Itaú Unibanco (ITUB4) foi suportado pelo crescimento consistente da carteira de crédito e melhor margem financeira, parcialmente compensados por maiores despesas com provisões para perdas esperadas com operações de crédito, resultado da gestão prudente de riscos do banco.

Já em bens de consumo e materiais para construção civil, Alpargatas (ALPA4) e Dexco (DXCO3) apresentaram crescimento de receita, fruto da estratégia comercial bemsucedida, minimizando os efeitos da desaceleração de demanda e pressões inflacionárias no custo de alguns insumos, destacou a holding.

Tanto na Copa Energia (distribuição de GLP) quanto na NTS (transporte de gás natural) destacam-se o forte crescimento das receitas, principalmente em decorrência de reajustes de preço no período. A Aegea (saneamento) também apresentou desempenho operacional positivo, justificado pelas novas concessões adquiridas. Por fim, os resultados da XP Inc. (serviços financeiros) também contribuíram positivamente para o resultado da Companhia.

Itaúsa aprova JCP

O Conselho de Administração da Itaúsa aprovou o pagamento, em 30 de agosto, de juros sobre o capital próprio no valor de R$ 927 milhões líquidos, equivalentes a R$ 0,1051195 por ação.

Também aprovou pagar JCP até 29 de dezembro, no valor líquido de R$ 370 milhões, correspondentes a R$ 0,04199 por papel.

O provento tem como data-base a posição acionária final do dia 18 de agosto de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.